Roberto Carlos em Bruxelas

O “Rei” Roberto Carlos pela primeira vez em Bruxelas

O “Rei” Roberto Carlos pela primeira vez em Bruxelas Comunicado de imprensa diz que a digressão que passa por solo nacional poderá ser a última que o cantor faz na Europa

O “Rei” Roberto Carlos pela primeira vez em Bruxelas

Comunicado de imprensa diz que a digressão que passa por solo nacional poderá ser a última que o cantor faz na Europa 

Segundo o comunicado de imprensa da promotora Ritmos e Blues, esta poderá ser a última digressão europeia do músico de 77 anos, cuja carreira se alonga por seis décadas. Com mais de 125 milhões de álbuns vendidos em todo mundo, ele ganhou o Grammy Awards, conquistando o prêmio Latin Pop em 1989. O rei da musica romântica brasileira é considerado uma das figuras mais importantes e influentes da história do Brasil. Ele foi o líder do movimento musical chamado Jovem Guarda, que surgiu nos anos 60. Em parceria com Erasmo Carlos, compôs inúmeros sucessos. 

Roberto Carlos concilia projeto de disco em italiano com turnê pelos Estados Unidos e Europa 

Neste ano de 2019, Roberto Carlos completa 60 anos de carreira que começou a engrenar em 1959, quando o cantor e compositor capixaba, então já tentando a sorte profissional na cidade do Rio de Janeiro (RJ), foi contratado para cantar na boate carioca Plaza e, na sequência, conseguiu gravar o primeiro disco – no caso, um disco de 78 rotações por minuto com as músicas Fora do tom (Carlos Imperial, 1959) e João e Maria (Carlos Imperial e Roberto Carlos, 1959). 

Contudo, a julgar pela agenda e pelos planos do Rei, tudo indica que Roberto Carlos atravessará o ano sem festejar oficialmente essas seis décadas de consagradora carreira que extrapolou as fronteiras do Brasil já nos anos 1960. 

Além do já anunciado projeto de gravar um disco em italiano, o cantor cumpre, neste primeiro semestre de 2019, a partir de março, extensa agenda de shows pelos Estados Unidos e pela Europa, cantando inclusive em países onde nunca se apresentou ao longo desses 60 anos. 

A turnê Amor sin límite – baseada no homônimo álbum em espanhol lançado pelo artista em 2018 – levará Roberto a se apresentar pela primeira vez na Inglaterra, na Bélgica e na Suíça. Em Bruxelas, a apresentação sera no dia 1° de junho 2019 no Forest Nacional. 

Quanto ao álbum em italiano, a intenção do cantor é começar a gravar o disco sem pressa e prazo neste ano de 2019, o que leva a crer que, pelo tempo habitual do artista, o lançamento não acontece antes de 2020. 

Nada foi divulgado sobre o repertório desse álbum. De todo modo, no roteiro do show que faz em alto-mar “tour com rei cruzeiro”, Roberto incluiu canções em italiano como Champagne  (Mimmo Di Francia, Salvatore de Pasquale – o Depsa – e Sergio Iodice, 1973), Non ti scordar di me  (Ernesto De Curtis e Domenico Furnò, 1935) e Tu sei così  (Massimo Guantini e Luigi Albertelli, 1973). 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Agência Gracia Live traz o “Rei”  

A apresentação belga está agendada para 1º de junho, no Forest National, em Bruxelas. Os organizadores da agência Gracia Livesão responsáveis dos maiores shows de artistas renomados em Bruxelas e Antuérpia.   

Vale lembrar – 70 mil pessoas 

Quando comemorou os cinquenta anos de carreira em 2008, Roberto Carlos decidiu marcar o marco no ano seguinte, com um concerto no local mais emblemático do Brasil, o Maracanã, no Rio de Janeiro. No concerto, em 11 de julho, ele se apresentou na frente de cerca de 70 mil pessoas. 

Faltam para o show

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Forest National Bruxelas

Avenue Victor Rousseau 208, 1190 Forest

Sábado  01 de junho  às 19h00

Ingressos à venda :

www.gracialive.be

  • Ingressos a  – 80€
  • Ingressos a – 100€
  • Ingressos a – 120€
  • Ingressos a – 140€

Aqui tem “bagagem”: Conheça a biografia resumida de Roberto Carlos

Roberto Carlos (1941) é um cantor e compositor brasileiro, o “Rei” da música romântica brasileira. Foi o líder do movimento musical chamado Jovem Guarda, que surgiu nos anos 60. Em parceria com Erasmo Carlos, compôs inúmeros sucessos. 

Roberto Carlos Braga (1941) nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, Espirito Santo, no dia 19 de abril de 1941. Filho do relojoeiro Robertino Braga e da costureira Laura Moreira Braga, com 6 anos sofreu um acidente na linha do trem que resultou em amputação de parte da perna direita. Estudou no Conservatório Musical de sua cidade. Aos 9 anos, apresentou-se pela primeira vez cantando no programa infantil da Rádio Cachoeira. Já chamava a atenção imitando o cantor Bob Nelson. Aos 12, mudou-se com a família para Niterói, Rio de Janeiro. 

Como tudo começou…  

Em 1957, com a popularização do rock n’roll americano, Roberto Carlos, junto com Tim Maia, Arlênio Lívio e Wellington Oliveira, formam a banda “The Sputniks. No ano seguinte, a banda estava desfeita e Roberto Carlos inicia sua carreira solo. Gravou alguns compactos no final da década de 50. Com Erasmo Carlos, fez algumas versões e iniciou sua maior parceria musical. Em 1961, lançou seu primeiro LP, “Louco por Você”. Em 1963, com o disco “Parei na contra mão, com as músicas Splish Splash, “O Calhambeque” e “É Proibido Fumar” iniciou sua carreira de grande sucesso. 

Em 1965, estreou, ao lado de Erasmo e Wanderléa, no programa “Jovem Guarda”, na TV Record, que daria nome a um novo movimento. O desafio do programa era manter a elevada audiência das tardes de domingo. O programa não só manteve a audiência, como conseguiu aumentá-la. Roberto Carlos lança, nesse mesmo ano, o disco “Jovem guarda”, com as músicas “Quero que vá tudo pro infernoLobo mau”, “Curvas de Santos”  entre outras. 

Além do programa e dos discos, estrelou em filmes, inspirado no modelo lançado pelos Beatles nos anos 60. O primeiro longa foi “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura”, lançado em 1967. Em 1970, chega as telas “Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa” e, em 1971, “Roberto Carlos a 300km por Hora” 

 

 

Nos anos 70, com o esmorecimento do movimento da Jovem Guarda, mudou seu estilo e tornou-se um cantor e compositor basicamente romântico. Entre seus grandes sucessos se destacam: “Detalhes” (1971), “Como vai você” (1972), “Falando sério” (1977), “Na paz do seu sorriso” (1979), “Emoções” (1981) e “Fera Ferida” (1982). 

Com o sucesso da música “Nossa Senhora” (1993), os seus discos seguintes passaram a ter uma música religiosa. A carreira de Roberto Carlos é superlativa.  

Desde 1961, conseguiu a incrível façanha de lançar um disco inédito por ano, interrompido apenas em 1999, por causa da doença de sua companheira, Maria Rita, que viria a falecer. Seus discos são sempre lançados no final do ano, perto das festividades natalinas. 

Seus discos já venderam milhões de cópias e bateram recordes de vendagem, em 1994 bateu a marca de 70 milhões de discos vendidos. Fez milhares de shows em centenas de cidades, no Brasil e no exterior. Seu fã-clube é um dos maiores de todo o mundo. Dezenas de artistas já fizeram regravações de suas músicas. Já lançou discos em espanhol e inglês, em diversos países. 

Continua com suas apresentações por vários países, e todo ano produz um especial para a televisão, que vai ao ar na semana do Natal. Em setembro de 2011, o Rei Roberto Carlos Braga se apresentou em Jerusalém, com o projeto “Emoções em Jerusalém”, onde fez um show e gravou cenas para o especial de final de ano. 

Ingressos à venda na:

Forest National

Vendas de Tickets

 070 34 53 45

www.gracialive.be & na FNAC

PATROCÍNIO

PATROCINADORES DO EVENTO

Deixe uma resposta

Fechar Menu