Resultados das Eleições na Bélgica

Resultados das Eleições na Bélgica

Região Flandres decide as ELEIÇÕES REGIONAIS e elege partido de EXTREMA DIREITA na Bélgica

Nenhum dos 11 candidatos portugueses e nem a candidata brasileira foram eleitos

Foram decidias as eleições regionais federais e europeias no dia 26/05/2019 na Bélgica, país com 11 milhões de habitantes, sede das principais instituições da União Européia (EU) e da OTAN.

O Partido vencedor foi o de extrema direita Vlaams Belang. Nenhum dos 11 candidatos portugueses foram eleitos. Tudo aponta que o resultado foi devido ao grande número de eleitores na área de Flandres, com cerca de 60% do eleitorado. Também não foi dessa vez que a candidata brasileira Raquel Gomes David conseguiu se eleger.

Apesar do grande número de brasileiros e portugueses residentes no país, um dos maiores problemas eleitorais no momento é a legalidade – o voto é obrigatório, porém apenas para os que possuem o documento belga.

Raquel Gomes David relata sua experiência nessas eleições:

AB.classificados – Comente como foi sua experiência ao participar dessas eleições:

Raquel Gomes David- Sinto-me lisonjeada em ser a primeira candidata de origem brasileira na política belga.

As eleições são um momento intenso, árduo, mas muito gratificante. É estar atento às necessidades do outro e pegar essas considerações para construir algo melhor para todos. Esse contato com o povo na maioria das vezes foi positivo, outras vezes, fui agredida nas redes sociais e verbalmente na rua. Entendo que a agressão não foi contra a minha pessoa, mas sim contra o partido. A política é isso, escutar o povo e ver o que eles estão precisando, fazer uma análise dos pontos que devem ser melhorados.

Participar das eleições é criar laços com outros candidatos e trabalhar com pessoas que você tem afinidade. Nessas eleições não quis trabalhar sozinha e ver os outros candidatos como rivais, mas preferi trabalhar em equipe porque o que eu privilegiei foi que o Partido subisse de nível, saindo da oposição que estamos há mais de 15 anos.

Participar dessas eleições foi quase não dormir à noite, pensando no que se podia melhorar para a população.

AB.classificados- Qual sua opinião sobre os resultados?

Raquel Gomes David– Estou feliz pelo resultado em geral, o partido MR é o segundo partido francófono do país e isso é bom.

E o que é importante é que possamos consolidar nossa posição na Wallonie, e na parte francófona. Agora, o que me preocupa é a subida do partido do Vlaams Belang na região de Flandre, porque é um partido da extrema direita no poder, e acho que devemos pensar como devemos fazer para evitar esses votos extremistas, esses votos antidemocráticos no futuro.

AB.classificados- Você pretende se candidatar novamente?

Raquel Gomes David- Acho que sim, foi uma experiência incrível, somente em ter esse contato com as pessoas já vale muito a pena. Sem contar que a nossa política precisa de jovens criativos, jovens de valores e que desejam trazer algo novo a fim de evitar que extremos (direta ou esquerda) liderem.

Participar dessas eleições foi uma honra e um privilégio. Apesar de não ter sido eleita, estou muito feliz em ter conseguindo, em apenas um mês e meio, 625 votos. 625 votos para uma primeira eleição, uma desconhecida na região bruxelloise, só tenho a agradecer por cada pessoa que acreditou no meu potencial, mais uma vez, muito obrigada.

AB.classificados- Quem você gostaria de agradecer?

Raquel Gomes David– Primeiramente, a Deus pelos seus bem-feitos na minha vida.

Agradeço ao Partido Mouvement Réformateur (MR) e a Françoise Schpemans pela confiança que me foi dada.

Ao meu marido Didier Van Merris, que sempre esteve ao meu lado, assim como meus pais Pr. Manasses e minha mãezinha Marlene e meus irmãos Rafael e Neto pelo apoio e motivação.

Gostaria de agradecer uma pessoa muito especial que me deu bons conselhos e me apoiou, Angela Piqui da ABclassificados, os meus apoiadores que me ajudaram nessa eleição, Rita Milhomen e seu esposo Jean Carlos da Rocha, José Alves Pinto e sua esposa Isa Colli, Sara Corrêa do Bossa Nova, Fernando Avila e sua esposa Olivia Alvim Avila da FH Services Généraux e Vera do Vila Verde. Muito obrigada!

Agradeço a todos que pensaram no número 40 no dia 26 de maio, muito obrigada e que Deus abençoe a todos.

 

Tatiana do Amaral

Deixe uma resposta

Fechar Menu