Uma mudança, uma esperança, um sonho! 

Uma mudança, uma esperança, um sonho! 

Gregório José 

O brasileiro ficou cansado de tantas mazelas na política 

O brasileiro foi se cansando dia após dia de tanta roubalheira, tanta maracutaia e tantas enganações. 

O Partido dos Trabalhadores chegou ao Poder Central pelas mãos daquele sindicalista que ia para as portas das multinacionais reclamar por melhores salários, por garantias e direitos. O povo foi comprando esta idéia de uma nação justa e igualitária. O brasileiro sempre sonhou com isto desde a época de Getúlio Vargas que foi um dominador. 

O PT foi conquistando espaço, cadeiras, prefeituras, câmaras municipais até chegar às assembleias, governos e se tornou o maior partido no Congresso Nacional. 

Veio o Bolsa Família que, na realidade, era apenas uma unificação de benesses existentes, mas vá lá, chegou com Lula. O Minha Casa, Minha Vida, permitiu que muitos tivessem acesso à moradia e, mesmo assim, uma multidão invade terras e imóveis públicos em busca de guarida. As desigualdades não diminuíram, ao contrário, aumentaram. Os países de mesma linha ideológica foram beneficiados com dinheiro do povo brasileiro. Em troca, vinham em presentes e comissões. 

O brasileiro era roubado em suas grandes empresas. Milhões saiam e não voltavam. Pelo contrário, eram mais e mais recursos indo embora. Tanto foi que a mina secou. 

Alguém abriu a boca demais e entregou o esquema. E eram vários. Políticos, antes beneficiados, acabaram na cadeia e, o povo, esperou o momento certo de dar a resposta. 

O PT se apequenou. O brasileiro cansou. 

Vieram as redes sociais e se falavam na volta dos militares. Surgiu um que falou a língua do povo. Com suas tiradas sarcásticas em cima dos incautos repórteres, fez seu nome. Foi chamado de mito, por dar “mitadas” em perguntas bobas. O capitão do Exército ganhava espaço nas redes sociais e era ridicularizado pela grande mídia. O povo não aceitou. 

O resultado? Bom ele será o próximo presidente do Brasil. 

Mas a qual custo? Qual Jair Bolsonaro nós teremos no Palácio do Planalto? 

O que ataca a imprensa despreparada ou um governante linha dura? 

Não esperem resultados em janeiro. Talvez leve um tempo para que as mudanças sonhadas apareçam e surtam resultados. Aqui, na Bélgica, e tantos outros Países que abrigam brasileiros, a esperança é de que o Nosso País, volte a ser aquele que tanto sonhamos.

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

Fechar Menu