Raquel Gomes David (Cópia)(1)(1)

RAQUEL GOMES DAVID propõe um novo momento para Bruxelas 

Brasileira disputa uma vaga no parlamento de Bruxelas, em eleição marcada para o dia 26 de maio 

 

Raquel Gomes David nasceu no Brasil, mas veio para a Bélgica ainda criança, em 1994, com os pais e irmãos, naturalizando-se belga. Seu pai, missionário, escolheu o país devido à sua missão religiosa. A adaptação, como para todo imigrante, foi difícil, mas eles acabaram se acostumando. E foi justamente na infância e adolescência que a funcionária pública descobriu sua vocação para servir ao próximo. “Sempre fui muito ativa: fui líder de louvor dos jovens, exerci a função de secretária na Igreja e ajudava na distribuição de alimentos para as pessoas mais necessitadas. “Minha família me ensinou o valor de assistir e amar ao próximo. Ensinou-me que pouco importa a classe social, cada pessoa tem o direito de realizar seu sonho e ser respeitada”, disse. 

Movida pelo sentimento de solidariedade, Raquel decidiu concorrer a uma vaga no Parlamento de Bruxelas para melhorar a qualidade de vida dos moradores da capital belga. Com formação em Relações Internacionais e estudando Ciências Políticas, ela quer lutar em favor da cidade e dos seus cidadãos. 

“Não sou uma candidata que faz promessas, mas uma pessoa que fará o possível para realizar os objetivos que proponho, pois sem esforço não se chega a lugar nenhum. Candidatei-me, pois assim como várias pessoas, estou cansada de ver sujeira nos transportes públicos, escolas precisando de reformas, educação que se desmorona e, muitas vezes, não fazemos nada. Sozinha não posso fazer muita coisa, mas se nos unirmos podemos fazer”, afirmou.  

Olhar para a emigração 

Raquel explica que Bruxelas é a segunda cidade mais cosmopolita do mundo, com mais de cem nacionalidades diferentes e que todos devem ser acolhidos. Se eleita, ela também quer voltar suas ações aos professores, reforçar o ensino básico e melhorar os transportes públicos com intermodalidade. 

Otimista com o desafio, ela garante que tem total apoio do partido, da família e principalmente do marido belga Didier Van Merris, com quem se casou no ano passado. “Meu esposo sempre gostou de política. Ele foi candidato nas eleições comunais,  foiconselheiro do CPAS da “Comuna de Molenbeek”eadministrador do LogementMolenbeekoispor cinco anos”, explicou.     

A candidata concedeu uma entrevista exclusiva para detalhar suas propostas à revista ABClassificados: 

Revista ABClassificados– Raquel, você defende a renovação do Parlamento. Qual sua principal proposta para que Bruxelas possa viver um novo momento? 

Raquel Gomes David –Nós vivemos, de fato, em um sistema democrático, onde o Parlamento renova-se automaticamente a cada cinco anos. Acho necessário que essas eleições possam trazer novas pessoas e novas ideias. Por exemplo, em relação ao nível do ensino, tem que melhorar o aprendizado dos idiomas e aumentar os aspectos práticos do ensino, para que os alunos possam se sentir capazes e motivados. 

Revista ABClassificados– Como imagina uma belga de origem brasileira ocupando espaço de tamanha relevância? 

Raquel Gomes David –Sinto-me honrada em poder estar a serviço da coletividade. Eu conheci a imigração e as dificuldades da integração na Bélgica.  Sensibilizo-me no que diz respeito à integração e desejo trazer novas propostas por meio do ensino. 

Revista ABClassificados– Quais os principais problemas da capital belga e os maiores desafios a serem encarados? 

Raquel Gomes David –Primeiramente, tem-se o problema do ensino, mas também há o problema da mobilidade. Temos um sistema de transporte público que não atinge todas as comunas da região e a qualidade do serviço para a população é insuficiente. A Região Bruxelloisenão manteve o conjunto das infraestruturas existentes. 

Revista ABClassificados– Você apresentou propostas voltadas aos jovens, para melhorar a qualidade de ensino, criar políticas para pessoas com deficiência e de incentivo ao bilinguismo. Quais são as falhas que você percebe na educação e como resolvê-las? 

Raquel Gomes David –Um ensino de qualidade é a base para que uma sociedade possa se desenvolver.  Em Bruxelas, temos vários desafios importantes. Muitos jovens saem das escolas sem falar a segunda língua nacional, o neerlandês e, às vezes, sem dominar até mesmo corretamente o francês. Deve-se realizar uma política mais específica para que todas as crianças possam ter as mesmas oportunidades no campo profissional. 

Revista ABClassificados– Você diz que é preciso repensar o sistema de transporte em Bruxelas, a fim de garantir a mobilidade dos cidadãos e a diminuição dos engarrafamentos. Como garantir uma mobilidade eficiente? 

Raquel Gomes David –Sou a favor da extensão do metrô e da amplificação do número dos transportes públicos à noite e nos fins de semana. A Região de Bruxelas efetua uma política agressiva contra os motoristas há anos, mas não trouxe melhorias nos transportes públicos. Deve-se fortalecer a intermodalidade entre os diferentes tipos de transportes, mas sempre preservando a liberdade dos cidadãos para que utilizem o meio de transporte que desejarem.  

Revista ABClassificados– Quais são seus sonhos? O que falta para se sentir plenamente realizada? 

Raquel Gomes David –O meu maior sonho é ver as pessoas viverem felizes nos seus países, e é nesse intuito que me candidato para tentar ajudar a população. O meu maior prazer é ver a alegria dos outros. 

Brasileiros apoiadores da campanha da candidata Raquel Gomes David 

Por que apoiar Raquel Gomes David? 

José Alves Pinto e Isa Colli:Por que ela propõe projetos que vão melhorar a qualidade de vida para todos os cidadãos, como educação e mobilidade urbana (transporte público). Além disso, a candidata propõe política que valorize o ser humano, o que é extremamente necessário em um mundo cada vez mais intolerante e segregador. 

Rita Milhomene seu esposo Jean Carlos Da Rocha: Conhecemos Raquel desde menina, pois os seus pais foram os primeiros amigos que fizemos quando aqui chegamos. Acompanhamos a sua trajetória e somos muito felizes de ver que se transformou em uma jovem com tanta garra e responsabilidade! 

Sara Correa: Porque concordo com as suas propostas de governo e defendo as mesmas bandeiras. Não se esquecendo de que Raquel é uma brasileira naturalizada belga, conhecedora dos problemas relacionados à emigração, e muito poderá contribuir para melhorar a vida da comunidade lusófona nesse aspecto e em outros. 

Ângela Piqui: Porque, pela primeira vez, teremos a oportunidade de ter um representante brasileiro para defender os nossos interesses políticos nesse país que também é nosso. Aqui pagamos nossos impostos, construímos família, e muito contribuímos para o crescimento econômico da Bélgica. 

Fernando Avila: Por que é uma brasileira e, pela primeira vez temos a oportunidade de ter a nossa porta-voz no parlamento. 

Por : Isa Colli

AÇOUGUE COSTELA

Fácil acesso, localizado a 5 minutos da Gare du Midi, no bairro dinâmico de Saint-Gilles, damos as boas vindas ao nosso novo espaço espaçoso e moderno em 130 m2. Além disso, o nosso estacionamento privado tem 8 lugares.

  • Top posts

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Fechar Menu